A cama

Sinopse

Jorge (60) e Mabel (59) decidem se divorciar após 30 anos de casamento. A casa onde viveram todos esses anos acaba de ser vendida e eles passam as últimas 24 horas de convivência debaixo do mesmo teto. Enquanto desmantelam a casa, esvaziam também um baú de memórias afetivas e deixam-se levar pelo vai e vem das emoções e recordações, da despedida.

 

Ficha Técnica

Drama  | 110 min | Espanhol| HD | Cor | 2017 | Argentina, Alemanha, Brasil, Holanda

Direção: Mónica Lairana

Roteiro: Mónica Lairana

Produtores: Adriana Yurcovich, Paulo Pecora, Monica Lairana, Gema Juarez Allen, Ana Alice de Morais, Laurette Schillings, Ingmar Trost

Empresas Produtoras: Rioabajo (Argentina) Gema Films( Argentina), 3 Moinhos (Brasil), Topkapi (Holanda) and Sutor Kolonko (Alemanha)

Distribuidora no Brasil: Livres

Territórios disponíveis: Todos, exceto Brasil, Argentina, Benelux e Alemanha.

Local das filmagens: Buenos Aires, Argentina

Festivais: Berlinale Forum 2017

Nota da diretora:

A Cama é um filme intimista sobre o amor, mas do ponto de vista do doloroso processo de dissolução. Por detrás do drama sentimental, lidamos também com outras subjetividades: o medo de envelhecer, o medo da solidão, o declínio do corpo, a nudez. A narrativa é guiada por esses corpos já velhos e enrugados – a proximidade, distância e vibração que ainda existe entre eles.


LA CAMA  (THE BED)

Spanish | Drama  | 110 min | HD | Color | 2017

Director: Mónica Lairana

Screenwriter: Mónica Lairana

Country of Production: Argentina, Brazil, Netherlands and Germany

Producers: Adriana Yurcovich, Paulo Pecora, Monica Lairana, Gema Juarez Allen, Ana Alice de Morais, Laurette Schillings, Ingmar Trost,

Production Companies: Rioabajo (Argentina) Gema Films( Argentina), 3 Moinhos (Brasil), Topkapi (Netherlands) and Sutor Kolonko (Germany)

Distribution Company/ Brazil: Livres

Avaliable Territories: All territories, excluding Brazil, Argentina, Benelux and Germany

Filming Locations: Buenos Aires, Argentina

Logline: 

Jorge (60) and Mabel (59) spend their last twenty four hours together-as a couple- locked in their family home. They eat, fuck, cry and laugh. They dismantle their house as they do with their relationship.

Director’s Statement 

This is an intimate film that describes the last hours of a middle age couple breaking up, but behind the sentimental drama, there are also other subjects clearly dealt: the fear of old age, the fear of loneliness, the decline of the bodies, the nakedness. This is a film about desperation, loneliness, and the end of love.
The plot is lead and pushed forward by those old, wrinkled bodies –their proximity, distance, and the vibration that still exists between them.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *