Comboio de Sal e Açúcar

Sinopse: Moçambique, em plena guerra civil, o comboio que liga Nampula ao Malawi é a única esperança para centenas de pessoas dispostas a arriscar a própria vida numa viagem para garantir sua subsistência. Uma viagem que a 5km/h por trechos de linha sabotados, deixando completamente vulneráveis todos os que nele viajam e que procuram esperança em tempo de guerra. Uma história da estóica Mariamu, da jovem enfermeira Rosa, a caminho do hospital onde foi colocada e do Tenente Taiar cuja única realidade que conhece é a vida de militar. Comboio de Sal e Açúcar é uma história de amor em tempos de guerra, uma viagem a bordo de um comboio de mercadorias que não leva apenas pessoas, mas sonhos.

FICHA TÉCNICA

Título Original: COMBOIO DE SAL E AÇÚCAR

Título Inglês: TRAIN OF SALT AND SUGAR

Direção: LICINIO AZEVEDO

Ano: 2016

Duração: 100

Roteiro: Licinio Azevedo e Teresa Pereira

Produção: Pandora Cunha Telles, Philippe Avril, Beto Rodrigues e Tatiana Sager

Co-Produção: Ukbar Filmes, Les Films de l’Étranger e Panda Filmes

Fotografia: Frédéric Serve

Montagem: Willem Dias

Direção de Arte: Andree du Preez

Edição de som: Kiko Ferraz

Música: João Carlos Schwalbach

Elenco: Matamba Joaquim, Melanie de Vales Rafael, Thiago Justino, António Nipita, Sabina Fonseca

Biografia do Diretor: Licinio Azevedo é cineasta e escritor, nascido em Porto Alegre, Brasil, mas vivendo há mais de 30 anos na África. Faz parte da geração formada no Instituto Nacional de Cinema de Moçambique após a independência do país, com a intervenção de diferentes professores, como Godard, Ruy Guerra e Jean Rouch. No cinema alterna-se entre documentários e ficção. Um de seus livros, sobre a guerra civil, serviu de base para o primeiro longa de ficção no país, “Tempo de Leopardos”. Já realizou cerca de 40 filmes. Se filme anterior, de ficção, “Virgem Margarida”, foi selecionado em mais de 15 festivais internacionais e com mais de 10 prêmios recebidos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *